Reajustar o retrato através das palavras do próprio, (re)lidas quarenta anos depois. Eis o breve contributo deste livro, composto por dois discursos (no I Congresso de Escritores Portugueses e em Almada) do general Vasco Gonçalves, na qualidade de primeiro-ministro e membro do Conselho da Revolução, no agitadíssimo ano de 1975. Sacudidos os preconceitos, os ódios –  acintosos uns, outros nutridos pela ignorância –, e com o devido distanciamento que o tempo burila em todas as coisas, a leitura de Exortações aos Poetas, devolve-nos nítida, límpida, a figura do revolucionário, do militar de Abril, do homem que habitava “o comum da terra”.

Exortação aos Poetas
Vasco Gonçalves
Col.Memória Perecível
PVP: 7 euros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here