A  Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto retira do esquecimento um dos grandes escritores portugueses do século vinte. Faure da Rosa e a sua escrita limpa, exata nas palavras, cinematográfica. Beco Salteador, um conto escrito no final dos anos quarenta, é a prova da qualidade narrativa do autor de Fuga e As Imagens Destruídas. “Seja este momento o estímulo para a importante republicação do ‘corpus’ integral de Faure da Rosa, um autor notável”, escreve José Manuel Mendes na nota de abertura. Esta edição reproduz o dactiloscrito do conto, que pertence ao arquivo histórico da AJHLP.

Beco  Salteador
Faure da Rosa
Col. Memória Perecível
PVP: 7 euros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here